segunda-feira, agosto 07, 2006

Extremos

Extremos


Quando te falo em carinho
Tiro da rosa o espinho
Pra te dar somente a flor.
Quando te falo de beijo
Da boca tiro o desejo
Pra te dar somente amor.

Mas se desejos e espinhos
Se misturam entre os carinhos
Quando te falo de amor,
É porque desejos e espinhos
Fazem parte do caminho
De quem te doou a flor.

0 Comentários:

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial